MENSAGENS DE PAIS


 

O que escrever sobre a Educati?

A Educati surgiu em nossas vidas primeiramente como sendo um “cofre” que poderíamos “guardar” nosso tesouro chamado Isabella, durante nosso horário de trabalho. Ah, como eu sofri...!

Este distanciamento da minha bebê se fez necessário tanto para mim como para ela e foi muito importante. Aos poucos ela foi crescendo, se desenvolvendo, nós como família começando a nos sentir parte dessa grande família Educati. Sempre muito atenciosos, um olhar individual e único com a Isabella. E o tempo foi passando, e de Berçário I, um dia me dei conta ao ouvir a Ariane falando ao me ver chegar: “Isabella Rivas, Infantil I”. Sim, Infantil I já e como o tempo passou e a admiração pela escola cresceu! Por valorizarem a cultura brasileira, por respeitarem cada família como ela é, e por tantas outras coisas... E então veio a Catherine que foi acolhida após 4 anos da nossa história com a Educati, do mesmo jeito carinhoso, atencioso e único.

Eu só tenho que agradecer a vocês por tudo e parabenizar sempre.

Um abraço,
Ana Paula

 

 


 

 

Educati

Hoje, com os corações BEM apertados, deixamos de ser “pais de Educati”.

Temos certeza que fizemos a melhor escolha em termos vocês como parceiras nos primeiros anos de vida do Luca. A base está formada, muito bem formada!!!

Fomos super acolhidos, Luca desenvolveu-se plenamente, aprendemos muito, crescemos, fizemos amigos para a vida toda! Isso tudo nos conforta, mas não diminui a saudade que já sentimos e a insegurança de enfrentarmos essa nova fase.

Obrigada pelo profissionalismo, competência, seriedade, dedicação e principalmente pelo AMOR que ofereceram ao nosso Luca (e a nós também) durante esses 6 anos!!!

Um abraço bem apertado!

Tati, Paulo e Luca Lukesic

 


 

Bom dia, Equipe Educati!

O tão esperado (e temido!) dia chegou!

O ano de 2015 vai se despedindo e a certeza de mais uma missão brilhantemente cumprida se faz presente.

Fosse eu enumerar todas as razões da nossa gratidão por vocês, sairia um jornal daqui, mas não posso e nem quero deixar este momento passar em branco.

Durante quatro anos e meio vocês foram a extensão da nossa casa, acolheram Sofia nos seus colinhos e deram, acima de tudo, o tempero “da casa da vó”! Vou sentir saudades do cheirinho de comida que me dava bom dia e boa tarde todos os dias!

Muito obrigada por me ajudarem nesta tarefa tão difícil e não menos prazerosa de ser mãe e formar um “cidadão para o mundo”!

Boas Festas e Feliz 2016.

Raquel e Emyr